Menu

Teste Menu 1

(Foto: ABC Futebol Clube)
A diretoria ABCdista acertou o empréstimo do goleiro Gomes para o Vasco da Gama/RJ. Aos 19 anos, o arqueiro defendeu o Palmeiras/SP na última temporada, porém, o clube paulista não se interessou em ficar com o atleta em definitivo.

Gomes, que integrará o time sub-20 do time carioca, terá seu passe fixado e contrato de empréstimo até Janeiro de 2021.
(Foto: Divulgação)
Na tarde desta segunda-feira (16), membros da diretoria ABCdista estiveram no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para uma audiência, que foi conduzida pelo presidente do TRT, o desembargador Bento Herculano Duarte Neto.

A audiência tinha como objetivo o fechamento do acordo para que o ABC Futebol Clube pagasse cerca de R$ 6 milhões em dívidas trabalhistas. O que ocorreu com êxito.

Neste acordo, vários atletas serão beneficiados, como Andrey, Nando, Márcio Passos, Gladstone, Camilo, Daniel Amora e outros, totalizando 15 processos.

O ABC começará a pagar a dívida, que será parcelada em 60 vezes, a partir do dia 5 de dezembro deste ano.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
O ABC acertou a rescisão do volante Adrian. O atleta conversou com a diretoria e com o gerente de futebol, Cleber Romualdo, assinou a rescisão contratual e já não faz mais parte do elenco alvinegro.

Antes de Adrian, 12 atletas já tinham deixado o Mais Querido: Ivan, Guilherme, Evandro, Richardson, Joécio, Caio César, Dione, Anderson Rosa, Xavier, Jefinho, Lohan e Tito.

Nos próximos dias, mais atletas devem ter seus contratos encerrados com o Clube do Povo.
(Foto: Divulgação)
O ABC já tem definido o nome do treinador que comandará o clube na temporada 2020, trata-se de Francisco Diá, de 63 anos.

De acordo com a diretoria ABCdista, a escolha do nome se deu pelo bom histórico do treinador em competições semelhantes a Série D. Beto Cabral, assessor da presidência do Mais Querido falou sobre a contratação. "Francisco Diá é um técnico experiente, que conhece bem a competição, o estilo de jogo, tem bons trabalhos. E é um bom formador de grupo, o que é importantíssimo para o início do ano.

O último clube que Diá comandou foi Campinense/PB, mas possui passagens por Alecrim/RN, onde conseguiu um acesso para a Série C, América/RN, Icasa/CE, onde foi Vice-Campeão da Série C, e Sampaio Corrêa/MA.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
A diretoria ABCdista acertou na tarde desta terça-feira (10), todos os detalhes da rescisão contratual do clube com o técnico Roberto Fernandes.

RF chegou ao Mais Querido no segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série C, e apesar da visível melhora e da luta constante, não conseguiu evitar a queda do alvinegro.

O Presidente Fernando Suassuna afirmou que a rescisão do contrato entre o clube e o treinador foi totalmente amigável.

Na tarde desta terça-feira (3), a Procuradoria do STJD acatou a denúncia ABCdista contra o Treze/PB e o técnico Celso Teixeira. A partir deste momento, uma das quatro turmas deverá receber a denúncia e compartilhar nesta quarta-feira (4). Como a denúncia foi acatada, o processo irá para julgamento, que ainda não tem data marcada para acontecer.

Como já foi dito pelo Blog em posts anteriores, o ABC reclama ao STJD que o técnico do Treze/PB, Celso Texeira, esteve a beira do campo no duelo dos paraibanos contra o Confiança/SE, válido pela 17ª rodada da Série C, quando deveria estar cumprindo suspensão que adquiriu ainda quando era técnico do Central/PE, clube que comandou na Série D. O Mais Querido lembra que  o técnico do Galo recebeu uma punição de 30 dias de suspensão e mais 3 jogos sem poder ir para a beira do campo, mas acabou cumprindo apenas uma partida.

O ABC ainda lembra que a partir desta temporada, técnicos e jogadores passaram a ter o mesmo tratamento em relação a punições. 

O ABC argumenta que existiu a infração do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e pede que o clube paraibano seja punido com a perda de 06 pontos na tabela, resultado esse, que mudaria o cenário da zona do rebaixamento, livrando o Mais Querido e decretando a queda do Treze.

Agora resta aguardar o desenrolar do processo, que como citamos acima, ainda não tem data para ser julgado.
(Foto: ABC Futebol Clube)
Na tarde desta quinta-feira (29), o Departamento de Futebol ABCdista confirmou que o atleta Felipe Guedes recebeu proposta e irá deixar o Mais Querido.

Seu destino é o Guarani/SP, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

O volante, que tem contrato até o mês de novembro com o Clube do Povo, acertou os detalhes da transferência e em breve vai se apresentar ao clube de Campinas.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
No último sábado (24), o ABC Futebol Clube encerrou suas atividades oficiais no ano de 2019, e com isso, vai acertando detalhes de rescisões contratuais com os atletas no elenco.

O Departamento de Futebol alvinegro confirmou a rescisão com 12 jogadores, todos tinham vínculo até o final da Série C. Os laterais Ivan, Guilherme Santos e Evandro, os zagueiros Joécio e Richardson, o volante Caio César, os meias Dione, Anderson Rosa e Xavier, além dos atacantes Jefinho, Lohan e Tito.

O ABC ressaltou que, o fato do clube ainda não ter definido o novo treinador para a temporada 2020, impede que o clubes faça propostas de renovações para estes jogadores, ou seja, quando definido, caso o treinador queira, o clube irá negociar a permanência dos mesmos.