Menu

Teste Menu 1

(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
Na noite desta quarta-feira (15), o Mais Querido recebeu a equipe do Potiguar/RN, na Arena das Dunas, em jogo válido pela 4ª rodada do Campeonato Potiguar 2020.

O time visitante começou melhor, buscando o ataque e impondo pressão sobre o ABC.

Mas logo apareceu o Mago. Wallyson, que  tirou um passe milimétrico da cartola e deixou Núbio Flávio na cara do gol para abrir o marcador.

O Time Macho sentiu o golpe e o ABC aproveitou. De pênalti, sofrido por Jaílson, o ídolo Wallyson marcou e aumentou a vantagem ABCdista.

Ao apagar das luzes da primeira etapa, a zaga alvinegra dormiu e Maykinho diminuiu.

A segunda etapa do ABC foi um desastre, o time totalmente perdido, com as linhas espaçadas, o ataque errando em demasia e um meio que não existia.

Tudo piorou quando o técnico Francisco Diá foi expulso, por reclamação.

O time mossoroense se aproveitou da desorganização alvinegra e foi ao ataque. Tanto pressionou que conseguiu o empate, através de Val Paraíba.

Na reta final, o ABC ainda buscou atacar, criou grandes chances, mas acabou vendo seu 100% se esvair ao apito final do árbitro.

Fim de jogo na Arena das Dunas: ABC 2 x 2 Potiguar.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
Na tarde deste domingo (12), o Mais Querido viajou até a cidade de Goianinha/RN para encarar o Palmeira, em jogo válido pela 3ª rodada do Campeonato Potiguar 2020.

As duas equipes fizeram um jogo truncado, sem muitas chances e muito menos jogadas trabalhadas, muito mais transpiração do que inspiração.

O Clube do Povo, sempre por intermédio de Wallyson, buscava o ataque, mas sem muito sucesso.

Pelo lado do time de Goianinha, um velho conhecido da torcida alvinegra apareceu. Nego, cria das bases do ABC, deu trabalho para a zaga, mas esbarrou na boa atuação de Joécio.

Na segunda etapa, o ABC perdeu o meia Berguinho, expulso da partida. O Palmeira cresceu no jogo e passou a pressionar, mas de forma desordenada, pouco chegou com perigo.

O jogo já se encaminhava para o empate, quando Wallyson fez bela jogada e acionou Cedric, que finalizou bem e abriu o marcador, aos 48 do segundo tempo.

Fim de partida no Estádio Nazarenão: Palmeira/RN 0 x 1 ABC.

A vitória fez o ABC chegar aos 9 pontos em 3 jogos, seguindo invicto na competição.

Na próxima rodada, o Mais Querido vai enfrentar a equipe do Potiguar de Mossoró, no Frasqueirão, quarta-feira (15), às 20h.

(Foto: Marcus Arboés/Universidade do Esporte)
Nesta quinta-feira (9), o ABC venceu a equipe do Força e Luz pelo placar de 4 a 2, no Estádio Frasqueirão, pela segunda rodada do Campeonato Potiguar 2020.

O primeiro gol do jogo foi do ABC. Jaílson aproveitou bom cruzamento de Cedric e abriu o marcador, aos 42 minutos da primeira etapa.

Pouco tempo depois, aos 46 minutos, o Força e Luz empatou com Felipe Moreira.

No segundo tempo, o ABC voltou em cima do Time Elétrico e, aos 8 minutos, passou a frente do placar. Em cobrança de pênalti, Wallyson fez o segundo do ABC.

Não demorou muito e o Força e Luz voltou a empatar, novamente com Felipe Moreira. Aos 12 minutos, após pênalti cometido por Cedric, o atacante do Time Elétrico igualou o marcador.

A partir do empate, o ABC partiu para a pressão total.

E aos 34 minutos deu resultado. Após cruzamento da direita, Joécio, de carrinho, empurrou a bola para o fundo da rede.

Quando o jogo já se encaminhava para os acréscimos, Wallyson mais uma vez apareceu e marcou. O atacante aproveitou a sobra dentro da área e fez o seu segundo gol na partida, o quarto do ABC.

Fim de jogo no Frasqueirão: ABC 4 x 2 Força e Luz.

Com a vitória, o ABC chegou aos 6 pontos na competição.

Na próxima rodada, o Mais Querido vai enfrentar a equipe do Palmeira, em Goianinha, domingo (12), às 16h.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
A espera da Frasqueira acabou, e o Mais Querido voltou ao campo de jogo na tarde deste domingo (5), para encarar a equipe do Globo, no Estádio Frasqueirão, em jogo válido pela 1ª rodada do Campeonato Potiguar 2020.

O primeiro tempo foi bem abaixo, como de costume no começo de temporada. O ABC criou muito pouco, e a Águia, menos ainda.

O intervalo já se aproximava, até que o Mais Querido abriu o marcador. Igor Goularte avançou em velocidade e tocou para Wallyson. O Mago bateu forte, de primeira, no contrapé do arqueiro.

Na segunda etapa o ABC mostrou superioridade e dominou do início ao fim. Chances foram criadas, muitas desperdiçadas.

Berguinho mostrou-se bastante lúcido, buscando o ataque constantemente. E essa insistência rendeu frutos. Já no finzinho da partida, Wallyson fez boa jogada na linha de fundo e cruzou, Jaílson arrumou de cabeça e o garoto Berguinho escorou para dar números finais ao jogo.

Raniery e Valderrama, de Globo e ABC, respectivamente, foram expulsos.

Fim de jogo: ABC 2 x 0 Globo.

O ABC volta à campo na quinta-feira (9) às 20h, para enfrentar a equipe do Força e Luz, no Frasqueirão. Esta partida poderá contar com a presença da torcida.

(Foto: Adriano Abreu/Tribuna do Norte)
Na tarde deste sábado (24), o Clube do Povo encerrou sua participação na Série C do Campeonato Brasileiro, encarando o Globo/RN no Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim/RN.

A primeira etapa foi fraquíssima tecnicamente, do nível do futebol potiguar em 2019. Ambas equipes errando muito e chegando apenas nas bolas paradas e alçadas na área, mas sem muito perigo.

A segunda etapa foi bem mais movimentada, o ABC acionou Wallyson e Jefinho, pelo lado do Globo, os garotos Negueba e Chiclete foram os destaques e deram trabalho para a zaga ABCdista.

Logo aos 10 minutos, Ivan cobrou falta, a bola ficou viva na área e Wallyson, de voleio, marcou para o ABC.

A Águia sentiu o golpe e não teve reação imediata, o ABC por sua vez, quase marcou por intermédio de Ivan, que acertou o travessão num lindo chute.

As coisas pioraram para o time de Ceará-Mirim quando o volante Muricy foi expulso, aí o time partiu para o desespero, mas não conseguiu levar qualquer perigo ao gol de Édson.

Já no apagar das luzes, o ABC encaixou o contra-ataque. Wallyson arrancou, fez boa jogada individual e cruzou para Jefinho, que chegou batendo forte para dar números finais ao duelo.

Fim de jogo no Estádio Barrettão: Globo/RN 0 x 2 ABC.

Agora, o Mais Querido espera por um parecer do STJD sobre possível irregularidade envolvendo o Treze/PB, que acabou escapando da degola.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
Na noite deste sábado (17), o Mais Querido recebeu a equipe do Sampaio Corrêa/MA, no Estádio do Frasqueirão, em jogo de vida ou morte, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

A partida começou pegada, mas com o ABC tomando a iniciativa e tentando impor seu ritmo, mas pecando e abusando dos passes errados.

Lohan foi o jogador mais lúcido do alvinegro na primeira etapa e criou boas chances. Em uma delas, o camisa 9 avançou, passou da marcação e bateu forte, a bola morreu na rede, mas pelo lado de fora.

Mas a grande chance ABCdista veio com Wallyson, em cobrança de pênalti, assinalado pelo árbitro após Andrey derrubar Lohan na área. Wallyson bateu no canto e o arqueiro adversário foi buscar, no rebote, Lohan chutou e Andrey operou mais um milagre.

O ABC sentiu o golpe do pênalti perdido, e voltou mal para o segundo tempo, o Sampaio percebeu e de aproveitou para marcar.

Roney recebeu livre e em jogada individual, puxou para o meio e bateu colocado, no canto do goleiro Édson.

O gol tomado ligou o ABC novamente na partida, e fez com que o time fosse para cima.

E mesmo na base do desespero, o gol de empate saiu. Wallyson fez bonita jogada e serviu Jefinho, que matou e bateu na saída do goleiro Andrey.

A parte final do jogo teve o ABC atacando de qualquer forma e o Tubarão se defendendo, saindo no contra ataque.

A chance da virada veio. Após cobrança de escanteio, Joécio dominou e, livre de marcação, encheu o pé, mas sem direção, a bola subiu.

Fim de jogo no Estádio Frasqueirão: ABC 1x1 Sampaio Corrêa/MA.
(Foto: ABC Futebol Clube)
Na noite deste sábado (10), o Mais Querido foi ao campo de jogo no Estádio Frei Epifânio, para encarar a equipe do Imperatriz/MA, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

O ABC começou melhor, buscando impôr o ritmo para evitar qualquer pressão dos donos da casa.

O zagueiro Adalberto foi o primeiro a levar perigo ao gol adversário, com uma bela cabeçada que obrigou o goleiro Jean a fazer uma boa intervenção.

A resposta do Cavalo de Aço não demorou. Gabriel lançou Lucas Campos, que avançou e chutou forte, Édson salvou na primeira e Felipe Guedes chegou para afastar o perigo. 

Aos 27, veio a melhor chance ABCdista. O Mago Wallyson fez belíssima jogada individual e avançou livre, puxou para a direita e chutou forte, a bola passou raspando a baliza de Jean.

A segunda etapa foi de domínio dos donos da casa, com algumas estocadas do ABC na base do contra-ataque.

Em uma boa descida, Wallyson recebeu e partiu em velocidade, puxou e bateu colocado, Jean fez boa defesa.

O Cavalo de Aço insistia, exercia pressão e empilhava boas oportunidades, até que conseguiu o gol. Lucas Campos recebeu e bateu forte, a bola explodiu na zaga alvinegra, na volta, Rhayllan chutou para marcar.

O ABC acusou o golpe e se desarrumou em campo. O técnico Roberto Fernandes ainda buscou o gol de empate, pondo Tito e Dione em campo, mas as oportunidades foram poucas e o ABC não conseguiu igualar o marcador.

Fim de jogo no Estádio Frei Epifânio: Imperatriz/MA 1 x 0 ABC.

Como o Globo/RN também perdeu na rodada, o ABC segue vivo na luta contra a degola. A próxima partida do alvinegro será em casa, contra o Sampaio Corrêa/MA.
(Foto: ABC Futebol Clube)
Na noite desta segunda-feira (5), o Mais Querido visitou a equipe do Ferroviário/CE no Estádio Castelão, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

A partida começou equilibrada, com ambas equipes explorando os flancos do campo, mas esbarrando nas boas atuações das zagas.

Os donos da casa chegando bem com o sempre perigoso Édson Kariús, artilheiro do campeonato. O Mais Querido buscava sempre o trio Jefinho, Wallyson e Lohan, que conseguiam criar, mas não transformavam as chances em gols.

A etapa complementar foi tão movimentada quanto a primeira. As equipes precisavam do resultado para seus respectivos objetivos e foram ao ataque.

O trio de ataque ABCdista logo funcionou. Aos 13 minutos, Wallyson fez boa jogada pela direita e tocou no meio, Lohan, na pequena área, escorou e marcou.

O gol ABCdista obrigou o Ferrão a partir para o ataque, e logo foi efetivo. Aos 26, a zaga alvinegra cochilou e viu Hiltinho chegar livre para cabecear e empatar.

Na parte final de jogo, o time cearense foi para a pressão e o ABC se segurou como pôde. Édson salvou o Mais Querido em três oportunidades.

Até que ao pagar das luzes, brilhou a estrela do ídolo Wallyson. O Mago recebeu, se livrou da marcação e bateu firme, no cantinho, para matar o jogo e dar a vitória ao ABC.

Fim de jogo no Estádio Castelão: Ferroviário/CE 1x2 ABC.