Menu

Teste Menu 1

Imagem
(Foto: ABC Futebol Clube)
Na tarde deste sábado (20), o Mais Querido foi até a cidade de João Pessoa/PB para encarar a equipe do Botafogo/PB, no Estádio Almeidão, em jogo válido pela 13ª rodada da Série C.

Ambas equipes fizeram um bom jogo, buscaram o tempo todo o ataque e criaram algumas boas chances, principalmente pelas laterais do campo.

O Belo assustou primeiro, com Clayton, que se livrou da marcação e acertou um bom chute, para boa defesa de Saulo.

O ABC respondeu quase que imediatamente, com Diones, que recebeu na entrada da área e chegou batendo, obrigando o goleiro João Guilherme a fazer um belíssima intervenção.

Na segunda etapa, os times precisavam dos resultados para seus respectivos objetivos, e foram ao ataque.

O ABC foi letal na primeira chance que criou. Dione fez boa jogada, chegou na linha de fundo e cruzou, Lohan subiu livre e cabeceou firme para marcar.

Após o gol ABCdista, o time paraibano precisou sair, pressionar e acabou tendo que se expôr. 

Em um dos contra ataques do Mais Querido, Lohan lançou Jefinho, o garoto arrancou livre, na cara do goleiro, mas bateu para fora, perdendo chance valiosa.

A pressão foi grande, Saulo fez algumas intervenções, mas nada que levasse grande perigo.

A partida já se encaminhava para o fim, quando, após bola alçada na área e bate e rebate, Nando conseguiu escorar e empatar a partida.

Nos acréscimos, o jogo ficou aberto. Nando teve uma grande chance de virar, mas parou na grande defesa de Saulo. Pelo lado potiguar, Wallyson arriscou de fora da área, mas sem sucesso.

Fim de jogo no Estádio Almeidão: Botafogo/PB 1 x 1 ABC.

Com o empate, o ABC acabou ficando 3 pontos atrás do Globo/RN, primeiro clube fora do Z4, e que venceu o líder Ferroviário/CE nesta rodada.
(Foto: Fabiano de Oliveira)
O ABC voltou a campo na noite desta sexta-feira (12), para enfrentar a equipe do Confiança/SE, no Frasqueirão, pela Série C.

O jogo começou com a equipe alvinegra dando o ritmo e tendo a iniciativa. O ABC iniciou na pressão e logo nos primeiros minutos da partida, Jefinho, de cabeça, após cobrança de escanteio, pôs o alvinegro na frente do placar.

Mesmo com o gol, o ABC seguiu em cima em busca do segundo, que quase veio com Jefinho, que saiu cara a cara com o goleiro, mas tentou o drible e finalizou pra fora.

Pouco tempo depois, foi a vez do Confiança passar a crescer no jogo. E em escanteio, Tito, contra, empatou o jogo.

O jogo seguiu equilibrado até o intervalo.

Na segunda etapa, o ABC voltou com Wallyson na esperança de retomar a frente do marcador. Mas foi o Confiança que começou bem.

A equipe sergipana tinha o controle do meio de campo e passou a administrar o jogo, até que, após boa troca de passes, Everton chutou bem, no alto, sem chances para Edson.

Com a desvantagem, o ABC partiu pra cima na busca pelo empate. Chances foram criadas com Jefinho, Moisés e Anderson Rosa, mas nenhuma foi aproveitada.

O placar permaneceu e o ABC fracassou em casa.

Fim de jogo: ABC 1 x 2 Confiança/SE.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
O ABC voltou à campo neste sábado (6), para enfrentar a equipe do Treze/PB, no Frasqueirão, pela Série C. A partida era um confronto direto pela luta contra o rebaixamento.

O Frasqueirão estava lotado, mais de 12 mil torcedores no estádio apoiando o ABC. E logo no início da partida, o Mais Querido abriu o placar com Joécio, após cruzamento de Ivan.

Com a vantagem no placar, o ABC acabou recuando um pouco e viu o Treze crescer ofensivamente. A equipe paraibana passou a explorar a bola parada a fim de chegar ao empate. O ABC conseguiu segurar e foi para o intervalo com a vantagem.

No segundo tempo, o ABC melhorou. Teve mais a bola, conseguiu criar boas oportunidades. A entrada de Felipe Guedes deu uma melhorada na saída de bola do alvinegro potiguar.

Mesmo com mais posse de bola e melhor no jogo, o ABC não conseguia chegar ao gol. Foi quando Roberto Fernandes chamou Wallyson, que estava no banco, para entrar e ajudar o ABC a matar o jogo.

O Mago entrou, voltou a vestir a camisa alvinegra e jogar no Frasqueirão. Era a volta do ídolo ao seu clube.

Wallyson entrou com tudo, ao lado de Jefinho e Tito, passaram a infernizar a zaga do time paraibano. Em uma das primeiras chances, Tito fez grande jogada, soltou a bomba e parou no goleiro adversário. Pouco tempo depois, Wallyson rolou para Jefinho, que soltou o pé, e a bola parou na trave.

O ABC era muito melhor e acabou sendo coroado com o segundo gol. E não podia ser outro jogador a marcar. Wallyson, o MAGO, recebeu bom passe e, com calma, na saída do goleiro, fez o gol que acabou com o jogo.

Não havia tempo para mais nada! Era o ABC de volta a vitória!

Fim de jogo: ABC 2 x 0 Treze/PB.

Com a vitória, o Clube do Povo chegou aos 9 pontos e deixou a lanterna da competição.
(Foto: Luciano Marcos)
O Mais Querido recebeu na noite desta sexta-feira (21), a equipe do Globo/RN, no Estádio Frasqueirão, em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

O alvinegro potiguar começou bem na partida, tramando bons ataques e encurralando o time adversário. A pressão logo deu resultado.

Após boa troca de passes, Adrian arriscou, o goleiro Rafael deu rebote e Jefinho abriu o marcador. 

O ABC continuou bem postado na partida, mas como já virou tradição, o sistema defensivo falhou e a entregada veio.

Cruzamento na área ABCdista e Adrian bateu forte para marcar, só que contra, sem chances para Saulo.

Após o gol tomado, o ABC se desorganizou, o psicológico sentiu e o time se perdeu. O Globo, por sua vez, começou a tomar conta do jogo e criar chances, que pararam na boa atuação do arqueiro Saulo, que salvou o ABC de mais um revés.

No fim, o Clube do Povo ainda tentou a vitória na base do abafa, mas esbarrou na falta de qualidade e no nervosismo.

Fim de jogo no Estádio Frasqueirão: ABC 1 x 1 Globo/RN.

O ABC termina o primeiro turno com apenas 5 pontos, dos 27 disputados em 9 jogos. E alcançou a incrível marca de 7 jogos sem vitória dentro da Série C.
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Na noite deste sábado (15), o alvinegro potiguar visitou a equipe do Sampaio Corrêa/MA, no Castelão, em jogo válido pela 8ª rodada da Série C. A partida marcou a estreia do técnico Roberto Fernandes no comando da equipe alvinegra.

Novo jogo, velhas falhas. O sistema defensivo ABCdista começou totalmente perdido, errando jogadas simples, e o Tubarão logo aproveitou.

Aos 11 minutos, João Paulo aproveitou falha grotesca e coletiva da zaga, e escorou para abrir o placar.

Após o gol do Sampaio, o jogo esfriou, ambas equipes praticaram um futebol abaixo da crítica.

No intervalo, o técnico Roberto Fernandes parece ter dado uma sacudida nos atletas, e o ABC voltou melhor na segunda etapa.

Anderson, que entrara no intervalo, perdeu uma grande chance ainda no primeiro minuto. Luan acertou algumas jogadas e levou perigo ao gol adversário.

Mas quando o ABC mandava na partida, Anderson Rosa acabou fazendo falta forte e recebeu o cartão vermelho.

Após a expulsão o ABC não teve forças para buscar o empate, e o tricolor do Maranhão apenas administrou a vantagem.

Fim de jogo no Estádio Castelão: Sampaio Corrêa/MA 1x0 ABC.

O ABC segue na lanterna do Grupo A da Série C com apenas 4 pontos.
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
O Mais Querido voltou ao campo de jogo na tarde deste sábado (8), quando recebeu a equipe do Imperatriz/MA, no Estádio Frasqueirão, em jogo válido pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Em busca de um respiro na competição, o Mais Querido foi bastante modificado para a partida, tentando uma mudança drástica, o que não aconteceu.

Dominante desde o início, o limitado time do Cavalo de Aço deitou e rolou no fraco e abalado sistema defensivo do alvinegro potiguar.

Lucas Campos, logo aos 6 minutos, fez o primeiro tento para os maranhenses. O ABC respondeu rápido, com Jefinho, que empatou aproveitando rebote dado pelo goleiro adversário.

O ABC melhorou, criou algumas boas chances por intermédio de Luan, mas o banho de água fria veio.

Aos 47, descida rápida do Imperatriz e Renan Dutra apareceu livre para marcar.

O ABC voltou para a segunda etapa atordoado, sonolento, e foi facilmente batido.

Aos 12, Matheus Lima recebeu livre na área e bateu na saída de Saulo para ampliar.

Na base do abafa, o alvinegro ainda diminuiu, com Jefinho novamente, desta vez cobrando pênalti.

Nos minutos finais, o ABC se mandou ao ataque de qualquer jeito, e acabou levando o contra golpe fatal. Novamente Mateus Lima, deu números finais ao jogo.

Fim de partida no Estádio Frasqueirão: ABC 2x4 Imperatriz/MA.
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
O Mais Querido enfrentou na tarde deste domingo (2), no Frasqueirão, a equipe do Ferroviário/CE, pela 6ª rodada da Série C.

O jogo começou com o ABC em cima. Antes do primeiro minuto de partida, Anderson Rosa já teve a primeira oportunidade para o alvinegro.

Aos 2 minutos, veio o primeiro gol do ABC. Anderson Rosa cobrou falta, Hélio Paraíba subiu mais que todo mundo e testou a bola para o fundo da rede.

Não demorou muito e o Ferroviário empatou. Aos 21, em cobrança de pênalti, Édson Cariús igualou o placar.

Após o empate, o ABC seguiu em cima do adversário, e aos 28 minutos chegou ao gol. Em bela cobrança de falta, Anderson Rosa pôs o alvinegro novamente na ponta do marcador.

E mais uma vez não demorou para o empate do time cearense. Aos 35, em cruzamento vindo da direita, Edson espalmou, a bola bateu em Cariús e entrou.

Na segunda etapa, o Ferroviário, logo aos 4 minutos, virou o jogo. Michael cobrou falta com perfeição, no ângulo de Edson.

Com a desvantagem, o alvinegro partiu para o ataque, mas sem sucesso. Desorganizado e errando muitos passes, o ABC ainda viu o Ferroviário marcar o quarto gol. Édson Cariús, novamente em cobrança de pênalti, deu números finais a partida.

Fim de jogo: ABC 2 x 4 Ferroviário.

A derrota deixou o ABC na lanterna da Série C. 


(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Na noite deste sábado (25), o Mais Querido visitou o Santa Cruz/PE, no Estádio do Arruda, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

A partida foi muito boa, ambas as equipes buscaram o ataque, com certa organização e trocas de passes.

A primeira boa oportunidade foi do ABC, com Jefinho, que cabeceou forte para boa defesa de Wanderson.

O Santinha teve a chance mais clara, com Everton, que adentrou a área e bateu colocado. A bola explodiu no travessão.

A segunda etapa não fugiu do que foi a primeira. Santa buscava o controle da partida, enquanto o ABC era perigoso nos contra ataques.

E foi na base da velocidade que nasceu o gol alvinegro. Anderson Rosa puxou e lançou Maicon. O lateral entrou na área, teve calma para rolar para Jefinho, que de primeira mandou para o fundo do gol.

A festa ABCdista durou apenas 3 minutos. Ataque da Cobra Coral, Misael armou o chute e foi derrubado por Anderson Pedra. Pênalti! Na cobrança, Pipico bateu firme e empatou.

A partida já se encaminhava para o fim e as duas equipes já se contentavam com o empate, quando Maicon recuou uma bola vadia para Édson, o arqueiro vacilou e chutou nos pés de Misael, que só teve o trabalho de escolher o canto e virar o jogo.

Fim de partida no Estádio do Arruda: Santa Cruz/PE 2 x 1 ABC.

Mais uma vez, o ABC, por falhas toscas, deixou de pontuar na Série C. No jogo passado, contra o Botafogo/PB, o alvinegro sofreu a virada nos acréscimos, e hoje a história se repetiu.