Menu

Teste Menu 1

(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Logo após a vitória do ABC por 4 a 0 sobre o Confiança/SE, na tarde deste sábado (14), no Frasqueirão, pela Série C, o técnico Ranielle Ribeiro concedeu entrevista coletiva e analisou o triunfo alvinegro.

O comandante disse que a semana foi muito positiva e que o time entrou em campo querendo vencer desde o início. "A nossa semana foi muito positiva. Fora de campo, tiveram cobranças e esclarecimentos. Dentro de campo, trabalhamos muito. Tudo isso era no intuito de nos afastarmos da zona de rebaixamento. A boa semana de trabalho nos credenciou a vitória. Desde o início do jogo, o time já queria vencer. Começamos o jogo pressionando o adversário. O coletivo do ABC foi muito importante. Agora é comemorar, pois na segunda-feira (16) já começamos a pensar no Salgueiro/PE. Uma vitória contra o Salgueiro/PE volta a nos credenciar sobre a classificação para o mata-mata."

A zaga alvinegra foi formada por Vinícius e Henrique. O técnico Ranielle analisou a partida dos dois atletas. "Eu tenho um grupo muito bom. O Henrique chegou aqui fora do peso, trabalhou por 6 meses e agora chegou a sua vez. Já o Vinícius, é um zagueiro veloz, forte, viril, e fez uma partida muito boa. Estou muito satisfeito com a nossa defesa hoje. Pelo rendimento, o Henrique deve seguir como titular na zaga."
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
O zagueiro Tonhão está afastado das atividades junto do elenco alvinegro desde a segunda-feira (2). Tonhão não se reapresentou e foi comunicado do afastamento. A intenção da diretoria é emprestar o jovem zagueiro, porém, ainda não se sabe para qual clube.

Passada toda a polêmica do afastamento de Tonhão, o técnico Ranielle Ribeiro concedeu entrevista coletiva e explicou a decisão de tirar o zagueiro do grupo. "Foi preciso tomar uma decisão. Percebi que o Tonhão não estava focado naquilo que nós estamos buscando, que é o acesso. Então, achamos por bem afastá-lo."

O comandante aproveitou a entrevista para revelar que deixou o cargo à disposição após os ruins resultados da equipe. "Eu conversei com os atletas e também com a diretoria, e disse que se fosse o caso, deixaria o clube para que o ambiente fosse limpo. Após a conversa, o grupo foi contra a minha saída, a diretoria também, assim como a comissão técnica, pois ainda enxergam que podemos reverter toda essa situação adversa que nos encontramos no momento."

A reação do ABC pode começar no próximo domingo (8), contra o Botafogo/PB, às 19h, no Estádio Almeidão, em João Pessoa/PB.


(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Após mais um revés na Série C do Campeonato Brasileiro, a diretoria ABCdista resolveu se pronunciar e esclarecer algumas questões que ocorrem dentro do clube.

Em entrevista à Rádio Globo Natal, o vice-presidente ABCdista, Tacinildo Pegado, falou sobre os trabalhos de Ranielle Ribeiro e Giscard Salton, sobre dispensas, indisciplina e até sobre o incidente ocorrido no Acre, após o jogo diante do Atlético/AC.

Sobre o trabalho de Giscard e Ranielle Ribeiro, Tacinildo comentou: "Os dois profissionais estão prestigiados dentro do clube. Ranielle faz um belo trabalho. Giscard quando chegou, foi informado que só poderíamos trabalhar com uma folha de no máximo R$ 230 mil, não podemos pagar ajuda de custo, nem bicho aos jogadores, desse modo, ele (Giscard) começou a negociar parcerias com os clubes, de modo que agora temos um grupo de 30 atletas por R$ 238 mil por mês."

Sobre indisciplinas e excessos, Tacinildo disse que existiram apenas casos pontuais, sem revelar nomes, mas que esses casos já estão sendo tratados e dispensas podem ocorrer sim.

Sobre o polêmico acontecimento entre Giscard Salton e atletas após a derrota para o Atlético/AC no Acre, Tacinildo relatou assim: "O presidente, Paulo Tarcísio, estava no Acre. Houve um desentendimento e foi resolvido lá. O débito (que o ABC deve aos atletas) foi cobrado logo após a derrota e Salton não gostou. Todo mundo sabe o trabalho de Salton e o quanto ele é querido pelo elenco. Tudo o que aconteceu, já foi resolvido."

Outro ponto abordado foram as cotas, e Tacinildo fez questão de frisar que a atual diretoria não vai antecipar nenhum centavo, deixando assim, 100% de cotas para a futura diretoria.
-
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
O técnico Ranielle Ribeiro concedeu entrevista coletiva e analisou mais uma derrota do ABC na Série C. A equipe alvinegra foi superada pelo Santa Cruz/PE, pelo placar de 3 a 0, na noite deste domingo (1), no Frasqueirão, pela 12ª rodada da competição.

O técnico pediu desculpas ao torcedor por mais um fracasso do time e assumiu a responsabilidade da derrota. "Tenho que pedir desculpas ao torcedor por mais uma derrota. Talvez hoje eu não tenha escolhido as melhores peças e tenho que assumir a responsabilidade como comandante."

Ranielle aproveitou para frisar que os salários estão em dia. "Os salários estão em dia, o que há é apenas uma premiação em atraso. É preciso que os jogadores se comprometam mais dentro e fora de campo, e eu já disse isso a eles. Se aqui estiver havendo algum problema de vestiário ou até mesmo de relacionamento, cabe a mim tomar as providências. O que aconteceu entre os jogadores e o Giscard Salton no Acre, já foi resolvido. Vamos continuar trabalhando para que esse time volte a render."
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Logo após o empate em 1 a 1 entre ABC e Sampaio Corrêa/MA, na noite desta quinta-feira (28), no Frasqueirão, o técnico Ranielle Ribeiro concedeu entrevista coletiva e analisou o resultado que acabou com o sonho do alvinegro de conquistar o título da Copa do Nordeste.

 O comandante alvinegro disse que a ansiedade atrapalhou o time na primeira etapa. "Tivemos apenas uma boa chance no primeiro tempo e não marcamos. Nós sabíamos que o adversário iria dar pouco espaço, então, no que aparecesse, tínhamos que ter feito o gol. Acredito que a ansiedade de fazer o gol logo no primeiro tempo tenha atrapalhado o time."

Para o técnico, o ABC foi prejudicado pela arbitragem no lance do pênalti. "No segundo tempo, tivemos uma postura melhor. O Sampaio marcou muito bem, e isso dificultou o nosso trabalho. Além disso, ainda tem o lance do pênalti. Fomos prejudicados. Não foi pênalti. A gente vem sendo prejudicado pela arbitragem nos jogos. E hoje, o árbitro, teve uma noite infeliz. O Péricles (árbitro) não vai ser punido pelo erro que cometeu. Já o ABC, deve ser punido pela reação que a torcida teve após o pênalti marcado."

Ranielle também falou sobre o momento que o ABC está passando. "Começamos o ano em mares tranquilos, agora, com os resultados negativos, estamos em mares revoltos. Vamos ter que trabalhar muito para trazermos de volta a tranquilidade. Temos que buscar o rumo novamente."
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Logo após a derrota do ABC por 3 a 1 para o Globo/RN, na noite deste sábado (16), no Frasqueirão, pela Série C, o técnico Ranielle Ribeiro concedeu entrevista coletiva e analisou o fracasso alvinegro.

O comandante do Mais Querido disse que o adversário foi cirúrgico. "O Globo/RN foi cirúrgico no início do jogo e isso foi fundamental para o resultado da partida. O nosso time foi muito abaixo daquilo que podia jogar. Mas agora já passou. Tenho que pensar como vou solucionar os problemas que surgiram nas últimas duas partida. Peço desculpas pelo rendimento do time."

O técnico aproveitou a coletiva para assumir a responsabilidade da derrota. "Não vou fugir da responsabilidade. Assumo os erros do time na partida que resultaram na derrota."

O ABC agora voltar a pensar na Copa do Nordeste. Na próxima terça-feira (19), às 21h45, o Mais Querido vai enfrentar o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, em São Luís/MA, pelo primeiro jogo da semifinal da competição regional.
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Logo depois da vitória do ABC por 2 a 0 sobre o Náutico/PE, na tarde deste sábado (2), no Frasqueirão, o técnico Ranielle Ribeiro concedeu entrevista coletiva e analisou a partida do alvinegro.

O técnico disse que o time soube jogar sem a bola para conquistar a vitória. "Nós sabíamos que o jogo seria difícil. O nosso time gosta da posse de bola, mas hoje tivemos que jogar sem a posse de bola, e fomos bem. O time soube jogar sem a posse de bola para conquistar a vitória. Talvez a nossa partida não tenha sido tão boa, mas também não sofremos para vencer. Se não fosse a grande defesa do Rodrigo, não lembraríamos de outro lance em que o adversário chegou com perigo. Tivemos oportunidades e não matamos o jogo. Conseguimos o segundo gol em um contra-ataque já no final do jogo e garantimos a vitória. Mesmo jogando em casa, preciso usar essa estratégia, pois o nosso time é muito rápido do meio pra frente."

O técnico explicou a opção pela substituição de Leandrão. "O Leandrão saiu pois o jogo estava difícil pra ele. A bola estava complicada pra chegar. Então, pus o Vitinho em seu lugar. O Vitinho é uma boa opção para o ataque."
(Foto: Andrei Torres/ABC Futebol Clube)
Mesmo após perdas de jogadores importantes como Wallyson e Fessin, o técnico Ranielle Ribeiro não se abalou e continuou trabalhando para encontrar o time "ideal". Nos últimos jogos, o que se viu em campo foi algo bem parecido com o ABC do início do ano, que atropelou no Estadual. Com o time entrosado, os resultados começaram a aparecer, tanto que, o Mais Querido está na semifinal da Copa do Nordeste e voltou ao G-4 da Série C.

Em entrevista coletiva, o volante Felipe Guedes destacou a força do grupo alvinegro para a boa fase que a equipe está vivendo nas duas competições que está disputando. "Temos um grupo muito forte. Eu sempre digo que não existe um time titular, porque não tem mesmo. Todos do grupo têm condições de entrar jogando. Somos um grupo e todo mundo pode ser titular."

O volante também destacou a importância de estar no G-4. "O nosso objetivo é terminar esta fase entre os quatro primeiros, pois isso nos habilita para o mata-mata. Então, vamos trabalhar forte para seguirmos no G-4. No sábado (2), contra o Náutico/PE, esperamos mais um grande resultado."