Menu

Teste Menu 1

(Foto: Divulgação)
O ABC já tem definido o nome do treinador que comandará o clube na temporada 2020, trata-se de Francisco Diá, de 63 anos.

De acordo com a diretoria ABCdista, a escolha do nome se deu pelo bom histórico do treinador em competições semelhantes a Série D. Beto Cabral, assessor da presidência do Mais Querido falou sobre a contratação. "Francisco Diá é um técnico experiente, que conhece bem a competição, o estilo de jogo, tem bons trabalhos. E é um bom formador de grupo, o que é importantíssimo para o início do ano.

O último clube que Diá comandou foi Campinense/PB, mas possui passagens por Alecrim/RN, onde conseguiu um acesso para a Série C, América/RN, Icasa/CE, onde foi Vice-Campeão da Série C, e Sampaio Corrêa/MA.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
A diretoria ABCdista acertou na tarde desta terça-feira (10), todos os detalhes da rescisão contratual do clube com o técnico Roberto Fernandes.

RF chegou ao Mais Querido no segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série C, e apesar da visível melhora e da luta constante, não conseguiu evitar a queda do alvinegro.

O Presidente Fernando Suassuna afirmou que a rescisão do contrato entre o clube e o treinador foi totalmente amigável.

Na tarde desta terça-feira (3), a Procuradoria do STJD acatou a denúncia ABCdista contra o Treze/PB e o técnico Celso Teixeira. A partir deste momento, uma das quatro turmas deverá receber a denúncia e compartilhar nesta quarta-feira (4). Como a denúncia foi acatada, o processo irá para julgamento, que ainda não tem data marcada para acontecer.

Como já foi dito pelo Blog em posts anteriores, o ABC reclama ao STJD que o técnico do Treze/PB, Celso Texeira, esteve a beira do campo no duelo dos paraibanos contra o Confiança/SE, válido pela 17ª rodada da Série C, quando deveria estar cumprindo suspensão que adquiriu ainda quando era técnico do Central/PE, clube que comandou na Série D. O Mais Querido lembra que  o técnico do Galo recebeu uma punição de 30 dias de suspensão e mais 3 jogos sem poder ir para a beira do campo, mas acabou cumprindo apenas uma partida.

O ABC ainda lembra que a partir desta temporada, técnicos e jogadores passaram a ter o mesmo tratamento em relação a punições. 

O ABC argumenta que existiu a infração do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e pede que o clube paraibano seja punido com a perda de 06 pontos na tabela, resultado esse, que mudaria o cenário da zona do rebaixamento, livrando o Mais Querido e decretando a queda do Treze.

Agora resta aguardar o desenrolar do processo, que como citamos acima, ainda não tem data para ser julgado.
(Foto: ABC Futebol Clube)
Na tarde desta quinta-feira (29), o Departamento de Futebol ABCdista confirmou que o atleta Felipe Guedes recebeu proposta e irá deixar o Mais Querido.

Seu destino é o Guarani/SP, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

O volante, que tem contrato até o mês de novembro com o Clube do Povo, acertou os detalhes da transferência e em breve vai se apresentar ao clube de Campinas.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
No último sábado (24), o ABC Futebol Clube encerrou suas atividades oficiais no ano de 2019, e com isso, vai acertando detalhes de rescisões contratuais com os atletas no elenco.

O Departamento de Futebol alvinegro confirmou a rescisão com 12 jogadores, todos tinham vínculo até o final da Série C. Os laterais Ivan, Guilherme Santos e Evandro, os zagueiros Joécio e Richardson, o volante Caio César, os meias Dione, Anderson Rosa e Xavier, além dos atacantes Jefinho, Lohan e Tito.

O ABC ressaltou que, o fato do clube ainda não ter definido o novo treinador para a temporada 2020, impede que o clubes faça propostas de renovações para estes jogadores, ou seja, quando definido, caso o treinador queira, o clube irá negociar a permanência dos mesmos.
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
No campo, a Série C do Campeonato Brasileiro acabou, e o ABC foi rebaixado, mas nos tribunais, o jogo só está começando, pelo menos é assim que pensa o setor jurídico do Mais Querido, que apresentou na tarde desta segunda-feira (26), ao STJD, a notícia de infração por irregularidade do técnico do Treze/PB, Celso Teixeira.

O Clube do Povo reclama  ao tribunal que Celso Texeira assinou a súmula e comandou o time paraibano diante do Confiança/SE, em jogo válido pela 17ª rodada da Série C. Segundo a denúncia do alvinegro, o treinador não poderia estar à beira do campo, pois, ainda quando era técnico do Central/PE, havia sido expulso, pegando 3 jogos de suspensão, chegando a cumprir apenas 1.

Na denúncia feita, o ABC lembra que a partir desta temporada, jogadores e técnicos passaram a ter o mesmo peso nas punições, ou seja, caso seja procedente, o clube pode, além de ser multado, perder os pontos da partida na qual a irregularidade foi cometida.

O Vice-Presidente jurídico do ABC, José Wilson, falou sobre o caso e se disse otimista, esperançoso que será aplicada a punição prevista no regulamento.

O Treze/PB recebeu no último sábado (24), o Botafogo/PB, e neste jogo, Celso Teixeira não pôde estar comandando o time na beira do gramado, sendo assim, cabe interpretar que a equipe paraibana admitiu que realmente existe esta punição para ser cumprida por parte do treinador.

O ABC terminou a competição na 9ª colocação, com 18 pontos conquistados, o Treze/PB, acabou com 19 pontos e na 8ª posição, escapando do rebaixamento. Caso a causa seja vencida pelo Mais Querido, o time paraibano perderá 6 pontos e será, consequentemente, ultrapassado pelo ABC, resultado que salvaria o potiguar da degola.

A procuradoria tem até 48 horas para acatar e dar prosseguimento ao caso, ou arquivar o mesmo.
-
(Foto: Adriano Abreu/Tribuna do Norte)
Na tarde deste sábado (24), o Clube do Povo encerrou sua participação na Série C do Campeonato Brasileiro, encarando o Globo/RN no Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim/RN.

A primeira etapa foi fraquíssima tecnicamente, do nível do futebol potiguar em 2019. Ambas equipes errando muito e chegando apenas nas bolas paradas e alçadas na área, mas sem muito perigo.

A segunda etapa foi bem mais movimentada, o ABC acionou Wallyson e Jefinho, pelo lado do Globo, os garotos Negueba e Chiclete foram os destaques e deram trabalho para a zaga ABCdista.

Logo aos 10 minutos, Ivan cobrou falta, a bola ficou viva na área e Wallyson, de voleio, marcou para o ABC.

A Águia sentiu o golpe e não teve reação imediata, o ABC por sua vez, quase marcou por intermédio de Ivan, que acertou o travessão num lindo chute.

As coisas pioraram para o time de Ceará-Mirim quando o volante Muricy foi expulso, aí o time partiu para o desespero, mas não conseguiu levar qualquer perigo ao gol de Édson.

Já no apagar das luzes, o ABC encaixou o contra-ataque. Wallyson arrancou, fez boa jogada individual e cruzou para Jefinho, que chegou batendo forte para dar números finais ao duelo.

Fim de jogo no Estádio Barrettão: Globo/RN 0 x 2 ABC.

Agora, o Mais Querido espera por um parecer do STJD sobre possível irregularidade envolvendo o Treze/PB, que acabou escapando da degola.
(Foto: ABC Futebol Clube)
O volante Felipe Guedes foi o escolhido para a entrevista coletiva após o rebaixamento do ABC para a Série D. O atleta falou sobre o sentimento de tristeza do grupo, da possível reversão do rebaixamento nos tribunais e também do jogo contra o Globo/RN, o último do alvinegro em 2019.

Por conta da possibilidade de irregularidade envolvendo o Treze/PB, a representação do elenco foi antecipada em um dia. Guedes comentou sobre isso. "Devido a possibilidade de irregularidade envolvendo o Treze/PB, passamos a ter uma ponta de esperança quanto ao resultado final da competição. Por esse motivo, acabamos recebendo a mensagem do treinador nos comunicando da antecipação na reapresentação. Vamos treinar normalmente, vamos dar o nosso melhor para vencermos o Globo. Depois, vamos aguardar os trâmites fora dos gramados."

O volante comentou sobre o sentimento do elenco. "Nós não queríamos a queda. Na reapresentação deu pra ver que todos estão tristes com a situação. Lutamos, nos empenhamos, mas infelizmente não conseguimos escapar."

Por fim, Guedes disse que ainda não recebeu nenhuma proposta para deixar o ABC. "Ainda não recebi nenhuma proposta. Não sei de nada. Vou para o jogo contra o Globo normalmente."