Mostrando postagens com marcador Vídeo/Entrevista. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Vídeo/Entrevista. Mostrar todas as postagens

Moacir Jr fala sobre a importante vitória do Mais Querido

20:18



(Foto: Renne Carvalho/ABC F.C.)


Após a importante vitória do ABC diante do Santa Cruz/RN no Estádio Frasqueirão, o técnico Moacir Jr foi para a entrevista coletiva falar sobre como ele viu essa partida e dos próximos passos do Mais Querido na competição.

Em relação ao duelo contra o Santa, Moacir disse. "Vitória importante, sabíamos das dificuldades que teríamos, eram aguardadas, o Santa era um oponente direto, poderia até acabar na liderança, um time que vem crescendo na competição, mas conseguimos fazer um jogo forte, se não vistoso, mas o mais importante foi a vitória, conquistada com muitas determinação, muita vontade do grupo."

A próxima missão do Mais Querido será no domingo (23), contra o América/RN, sobre o Clássico-Rei, o mandatário falou sobre suas expectativas. "O Clássico pode e deve dar, para qualquer uma das equipes, uma condição muito favorável para a última rodada. Nós vamos jogar em casa, então temos que impor nosso ritmo, o grupo tá com muita vontade, está fechado e nós vamos trabalhar para buscar essa classificação."

Para encerrar, Moacir falou sobre seu jeito de jogar e adaptações durante as partidas. "Eu sou um treinador que gosta de jogar para frente, com dois extremos bem abertos, não tem motivo para mudar, mas acredito também que a cada jogo, a cada dificuldade, os atletas vão assimilando as idéias de jogo, a filosofia de trabalho e a minha esperança é que esse crescimento aconteça na reta final do campeonato."


Diá critica as condições de jogo e reclama da arbitragem

20:21

(Foto: Rennê Carvalho/ABC Futebol Clube)

Após o empate por 1 a 1 entre Itabaiana/SE e ABC, no Estádio Etelvino Mendonça, pela primeira rodada da Série D, o técnico Francisco Diá concedeu entrevista coletiva e falou sobre o jogo.

O comandante criticou as condições de jogo. "Aqui jogamos contra tudo e contra todos. Gramado ruim, uma arbitragem complicada. Série D é isso. Tem que ser guerreiro para ganhar. Viemos para vencer, fizemos um bom jogo, tivemos condições de matar a partida, mas desperdiçamos. No final, fomos punidos."

Diá também deixou críticas contra a arbitragem. "A penalidade vista pelo árbitro foi absurda. Não existiu. Muito complicado. Infelizmente nos prejudicou e o resultado acabou não sendo o esperado."

Diá analisa vitória no clássico e projeta trabalho para a final do turno

20:25

(Foto: ABC Futebol Clube)

Logo após o Clássico-Rei, técnico Franscisco Diá foi ao auditório do Complexo Vicente Farache conceder entrevista para destrinchar em palavras o que viu do importante triunfo do Mais Querido sobre o maior rival.

O professor deixou claro que a vitória, claro, era prioridade, por conta da vantagem do empate e do mando de campo na final, mas que gostou muito da postura do ABC. Ressaltou que o primeiro tempo foi de razoável para bom e o segundo, muito proveitoso. "Nós assistimos ao jogo contra o Juventude (contra o América/RN), sabíamos como eles vinham, sabíamos das alterações no time deles, e buscamos neutralizar, liberando nossos laterais e dando liberdade ao volante. Nós sabíamos que os espaços iriam aparecer, como acabou acontecendo, e em um desses ataques, conseguimos concluir em gol."

Diá tratou de ressaltar a força do grupo, afirmando que mesmo perdendo algumas peças, o time não mudou o estilo de jogo. "Nós perdemos Joécio, Felipe Manoel, Pedro Costa, Igor Goulart. Mas Valderrama e Vinícius Paulista fizeram um grande jogo, Richardson improvisado foi bem, Vinícius Leandro, Kesley, que chegou essa semana, entrou bem, enfim, o time, mesmo modificado, vai dando conta do recado.

Para finalizar, Professor Franscisco Diá falou sobre os preparativos para a final da próxima segunda-feira (7), que pode dar ao ABC o título do Campeonato Potiguar 2020. "Vamos nos apresentar, trabalhar forte, aqui não tem brincadeira. Vamos tentar recuperar os atletas que chegaram depois, que não estão no melhor de sua forma física, para que possamos fazer um grande jogo, uma grande final, e respeitando o adversário, vamos buscar o título."

Francisco Diá agora soma quatro "Clássico-Rei" comandando o Clube do Povo, com três vitórias e um empate.

Paulo Sérgio fala do jogo contra o Potiguar e analisa seu momento no ABC

21:18
(Foto: ABC Futebol Clube)

Desde que chegou ao ABC, o atacante Paulo Sérgio vive um bom momento dentro de campo. E às vésperas do duelo contra o Potiguar do Mossoró, no Nogueirão, o artilheiro concedeu entrevista coletiva e falou sobre o duelo.

Paulo ressaltou que o ABC, embora já esteja classificado para a final do segundo turo, vai continuar jogando sério. "Mesmo com a conquista do primeiro turno, nós não relaxamos no segundo, nossa prioridade era a classificação, conquistamos, agora vamos em busca da liderança para podermos ter a vantagem do empate na final. Fizemos bons jogos, mas ainda não terminou, temos que jogar a sério para conquistar os objetivos.

Sobre o time mossoroense, Paulo afirmou que o ABC provavelmente irá encontrar dificuldades por conta do gramado e do próprio time adversário, que foi o único a roubar pontos do ABC na primeira fase do estadual (no primeiro turno, ABC e Potiguar/RN empataram na Arena das Dunas), mas que isso não pode servir de desculpas. O Clube do Povo, mesmo com respeito, deve se impor e jogar seu futebol habitual para somar os 3 pontos.

Para finalizar, Paulo Sérgio falou sobre o seu atual momento no ABC. "Muito feliz com esse momento individual, mais ainda pelo coletivo, por poder ajudar o clube na conquista de seus objetivos. Todos sabem do meu trabalho, de como eu sou no dia a dia, muito focado, treino bastante para isso, e estou colhendo esses frutos. Espero manter, continuar firme para fazer o melhor para o ABC, melhor para o grupo, que consequentemente será o melhor para mim."

Paulo Sérgio tem 9 gols em 9 jogos com a camisa ABCdista.

Fisiologista fala sobre a preparação do ABC para o retorno do Estadual

22:41
(Foto: ABC Futebol Clube)
O ABC segue sua preparação visando a retomada do Campeonato Potiguar, no próximo dia 12.

O foco agora são treinamentos alternados entre físicos e táticos, e para este assunto, o chamado para conceder entrevista foi o fisiologista Ricardo Melo, que explicou sobre este processo e o planejamento futuro do ABC. "Vamos dar continuidade ao que estávamos fazendo na Bahia, com algumas adaptações e diferenças. Vamos fazer um trabalho onde a capacidade de resistência é importante, mas tende a diminuir mediante a outras capacidades que vão ganhando força, como as capacidade neurais, como a velocidade ou a própria explosão pura. Os trabalhos técnicos e táticos, claro, ganham bastante importância na medida que os jogos se aproximam."

Ricardo também comentou o fato do ABC ter voltado a treinar em seus domínios, o que facilitou bastante o trabalho da comissão. "Nosso trabalho melhorou 100%. Lá (Bahia) nós não tínhamos escolha, trabalhávamos em campos ruins, duros e com chuva, as coisas pioravam. Aqui é diferente, nós estamos em casa, temos todas as condições de planejamento para seguirmos essa preparação sem termos que realizar adaptações."

Para finalizar, Ricardo ressaltou que com a pandemia do Covid-19, o calendário do futebol brasileiro ficou muito apertado e a maratona de jogos será intensa, fazendo com que toda a comissão responsável pelo futebol ABCdista tenha mais atenção sobre os atletas em relação a lesões e recuperação de um jogo para o outro.

Diá reconhece que o tempo de preparo não foi adequado e lamenta a eliminação

08:52
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
Após a derrota do ABC para o CSA/AL por 2 a 0, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, o técnico Francisco Diá concedeu entrevista coletiva e analisou o resultado negativo, que custou a eliminação do Clube do Povo da competição.

Para o comandante, o preparo não foi adequado. "Tínhamos certeza que o time iria sentir o desgaste físico dentro de campo. O preparo não foi adequado, tivemos apenas 12 dias de trabalho. Foram mais de 100 dias parados."

O técnico também sobre as dificuldades de treinamento com os atletas. "Teve dias que eu tinha o Jailson e não tinha outro atleta. Tinha dias que eu tinha o João Paulo e o Pedro, depois não tinha mais nenhum. Foram dificuldades que a volta do futebol nos trouxe. Reconheço o esforço, tentamos, mas infelizmente não deu."

Sobre o resultado, Diá disse que foi justo. "O CSA mereceu vencer. O resultado foi justo. O time estava treinando, mostrou superioridade física e nos venceu."

Rafael fala da expectativa para o jogo contra o CSA/AL

21:39
(Foto: Luciano Marcos/ABC Futebol Clube)
O ABC está muito perto de voltar à campo depois de um longo período sem jogos devido a pandemia do novo coronavírus que assolou o mundo. A partida que vai marcar o retorno do Mais Querido ao campo de jogo será contra o CSA, na próxima quarta-feira (22), válida pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. A partida vale classificação para o Clube do Povo.

O goleiro alvinegro, Rafael, concedeu entrevista e falou sobre os preparativos para a partida longe de casa. "A gente estava com uma grande expectativa para retornar aos gramados. Nos últimos dias temos feito um grande trabalho junto aos preparadores e fisiologistas do clube. A preparação que está sendo feita distante de casa, no início, nos afetou um pouco na adaptação. Chegamos à Salvador, estava chovendo e treinamos em um campo que não conhecíamos. Além disso, também tivemos toda a logística que foi alterada devido ao trabalho aqui na Bahia."

O arqueiro também falou sobre a expectativa da equipe para a partida decisiva. "Nos preparamos muito nos últimos dias. Acredito que a parte física pode vir a ser afetada, já a parte técnica, como a diretoria conseguiu manter boa parte do elenco, a gente consegue superar. Estamos prontos e sabemos da responsabilidade da partida, que vale muito para a gente."